28 de mai de 2018

scans e pirataria | vida de colecionador


Existe toda uma discussão moral e social sobre a pirataria que nos coloca hoje na posição shakespeariana de discutir: “Ler ou não ler scans, eis a questão”.

"Scan" é como galera super rodovia da informação chama a prática de digitalizar quadrinhos ou livros sem permissão do criador ou detentor dos direitos da obra. Claro que scan na verdade é apenas o termo gringo que abrasileiramos de “escanear” que seria exatamente a digitalização de uma imagem ou documento, no entanto quando se fala de "scan" em obras literárias na web, a gente tá falando basicamente da prática sem autorização tão comum aplicada em literatura.



Quem argumenta a favor geralmente é o pessoal que acredita que esse lance de direitos autorais é uma bobagem e uma ideia não deveria pertencer a ninguém. Tem também quem acha que você simplesmente nunca conseguiria comprar tudo que lê por scan, sendo assim, estar ou não disponível em online de graça e ilegalmente não faria diferença alguma pois o autor nunca veria a cor dessa grana.



Essa é uma discussão que embora alguns autores concordem em lutar contra, outros a abraçam. Fora do contexto literário, Game of Thrones foi conhecida por seus criadores aceitarem e até alegarem que a pirataria beneficiava a série, pois gerava um boca a boca maior e até convertia pessoas que assistiam ilegalmente o programa, a assinar a HBO. Vale lembrar que essa conversão só fazia sentido (aqui no Brasil, por exemplo) porque GoT era exibida simultaneamente com os Estados Unidos. Dessa forma, a forma mais rápida de você assistir a série era assinando o canal. Tal conversão nunca aconteceria se, por acaso, o seriado tivesse uma diferença de 3 semanas, por exemplo. Existem boas razões para você, autor, aceitar a pirataria e usar isso ao seu favor quando for necessário ao mesmo tempo que existem boas razões para você, leitor, evitar sempre que possível a pirataria.



Os prejuízos da pirataria todo mundo conhece: sem receber a remuneração esperada, o autor não tem a motivação ou a possibilidade de disponibilizar tempo para continuar com a obra e o material que todo mundo ama acaba sendo cancelado. Se você, leitor, não quer que isso aconteça, você tem, sempre que possível, contribuir para esse cara continuar mantendo ritmo e não deixar a peteca cair.

Bom, pelo menos essa é minha opinião. Se você pensa diferente, me diga o que acha e me explique porque você acredita na pirataria como algo benéfico. Eu vou adorar ler e quem sabe tu não muda minha cabeça?