7 de set de 2016

capitão américa - guerra civil | cinema



O que você achou do Capitão América - Guerra Civil?

Parece que você realmente precisa escolher um lado nos cinemas. Quem amou Guerra Civil, odiou Batman v Superman e vise-versa. Raramente parece surgir um meio termo aqui (talvez o meio termo seja os filmes da Fox com X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico). Esse texto vai conter spoilers, mas pra um filme que já saiu faz tempo e você já pode comprar online, spoilers nem são grande coisa, então não vamos chilicar por nada.

Eu faço parte da galera que ficou decepcionada com o filme e já vou dizer que não quero me apoiar naquelas brincadeiras internéticas sobre a comparação de quantos heróis existem nos quadrinhos e a meia dúzia de gato pingado que tem no filme. Minha decepção ficou novamente pela falta de gravidade do longa, principalmente por se prestar ao trabalho de colocar em cheque a necessidade dos heróis e as consequências dos seus atos, no entanto isso se tornou apenas um grande pretexto pra botar a galerinha colorida pra sair no tapa e trocar gozações.



Difícil manter-se imparcial na escolha de um lado quando logo de cara o filme te lembra que o Soldado Invernal sofreu uma lavagem cerebral, fazendo-o se ausentar de qualquer culpa do que virá a seguir. Isso ainda poderia ser um dilema moral interessante, pois pense com o titio aqui: deveria o Soldado ser punido pelo comportamento e pelo que fez? Se ele estava sob "controle mental", quanto de responsabilidade é realmente dele? No entanto você simplesmente deveria deixar ele impune com isso? E se acontecer novamente?



Esse dilema é simplesmente jogado de lado. No lugar nós temos Stark perseguindo Rogers por causa do registro e Pantera Negra perseguindo o Barnes por busca de vingança e... Ah! E que droga foi essa busca de vingança?! A cena mais importante pro drama do T'Challa em que ele está perseguindo Bucky e Steve pelo aeroporto até o hangar e quando está prestes a alcançar os dois a Viuva Negra chega pra impedir dando choquinhos como quando você tá fazendo uma reportagem sobre uva e vai encostar num cacho e toma uma baita porrada elétrica. Um momento em que o personagem está ali, diante do homem que matou seu pai, vendo-o fugir enquanto uma mulher o impede. Um momento dramático demais que literalmente não existiu. Não dava pra ver o sofrimento do T'Challa ao ver sua vingança escapar pelas suas garras. Eu fiquei muito decepcionado com isso.



Por fim, a gravidade que o filme fingiu ter pelos trailers não existiu de forma alguma. A melhor batalha (que é a do aeroporto) é repleta de piadas e brincadeiras te lembrando sempre que embora a porradaria tá tudo "sussa" e nada importante ou relevante vai surgir daquilo.Odeio comparar com quadrinhos, mas olhando a versão original impressa você sabe que TODA batalha travada nas páginas da minissérie são importantes. Elas são cruciais e extremamente perigosas. Personagens mudam de lado, coisas gravíssimas acontecem, erros irreparáveis são cometidos. Esse é o tipo de coisa que eu quero quando vejo heróis se enfrentando, no entanto tudo que eu recebi assistindo Guerra Civil foi uma historinha fraca de alguns personagens brigando.