3 de dez de 2013

tirinha rpg #153: valorizo a interpretação

Não existe esse negócio de ficar constrangido com o mestre de RPG.